Clinica-Eclat-Branco.png

Cardiologia

Quando Procurar um Cardiologista?

Os principais sintomas que motivam os pacientes a se consultarem com um cardiologista são cansaço, indisposição, palpitação, dor no peito, falta de ar, fadiga e patologias cardíacas diversas. Não espere que tais sintomas apareçam para então procurar o especialista do coração; realize consultas periódicas para acompanhamento e avaliação.

Principais Tratamentos

Dislipidemia

A dislipidemia é um distúrbio caracterizado pela elevação do colesterol total, LDL, triglicerídeo, redução do HDL, ou por uma combinação dos três fatores. O tratamento não-medicamentoso inclui mudança do estilo de vida e redução do consumo excessivo de álcool. A escolha dos medicamentos será feita pelo Cardiologista.

Arritmia Cardíaca

Trata-se de alterações elétricas que produzem modificações no ritmo normal do coração e provocam frequências cardíacas rápidas, lentas e/ou irregulares. Nem todas as arritmias são malignas. O melhor tratamento será definido pelo médico especialista de acordo com o tipo de arritmia apresentada pelo paciente.

Doença Arterial Coronariana

A doença arterial coronariana (DAC) consiste no depósito de placas de gordura e cálcio no interior das artérias do coração. O sintoma mais comum é o desconforto ou dor no peito, porém há casos assintomáticos. O Cardiologista determinará os melhores medicamentos e tratamentos baseado na gravidade do quadro.

Insuficiência Cardíaca

O coração é um músculo formado por duas metades, a direita e a esquerda. Quando um desses lados falha no bombeamento sanguíneo denomina-se insuficiência cardíaca. Os sintomas mais comuns são cansaço aos esforços, falta de ar, fadiga e inchaço nos membros inferiores. A mudança do estilo de vida é fundamental no tratamento. Os medicamentos auxiliam de forma eficaz na diminuição dos sintomas. A escolha dos remédios será determinada de acordo com as características do paciente.

Hipertensão Arterial

Usualmente chamada de pressão alta, a hipertensão arterial é uma condição clínica multifatorial, caracterizada por níveis elevados e sustentados da pressão arterial. As consequências da doença são aumento de risco dos diversos eventos cardiovasculares fatais e não-fatais. O tratamento não-medicamentoso inclui prática de exercício físico regular, cessação do tabagismo, controle do peso e outras mudanças no estilo de vida. Quando necessário o uso de medicação, o cardiologista fará a indicação de forma individualizada.

Você Sabia?

Segundo o levantamento da Organização Mundial da Saúde, a hipertensão arterial é responsável por 9,4 milhões de mortes no mundo. Essa disfunção atinge 30% da população adulta brasileira, sendo que mais de 50% dos casos são registrados em idosos. Ainda assim, cerca de 5% das crianças e adolescentes no Brasil também são diagnosticadas (estimativas da Sociedade Brasileira de Hipertensão – SBH).

Beleza e Saúde

"Queremos resolver desde os problemas de flacidez, manchas e harmonização facial até obesidade, distúrbios alimentares e doenças cardiovasculares. Nosso objetivo é unir uma vida saudável com a resolução de qualquer problema estético que você precise. Tudo isso com o mínimo de medicamentos e o máximo de naturalidade."
Clínica Eclat
"O importante para um ser humano não é quantos anos de vida, e sim quantos anos de saúde".
José Inácio de Bayeus

Sobre o profissional

Dr. Henrique Pelá

Estamos localizados no prédio Life Town com estacionamento (valet gratuito), com horários flexíveis e disponíveis aos sábados. Nosso atendimento é exclusivo, com salas individuais para cada especialidade oferecidas pela clínica.  

Blog

Enviar
1
Agendar consulta
Olá, tudo bem? Entrei no site Clínica Eclat e fiquei interessado(a), gostaria de mais informações, poderiam me ajudar?