Alopecia – Como identificar e tratar a doença

A alopecia é uma condição em que ocorre queda de cabelo ou de pelo em qualquer parte do corpo. Porém, o tipo mais comum é a que se manifesta no couro cabeludo, a calvície.

O distúrbio, que pode ser transitório ou definitivo, afeta homens e mulheres e existem diferentes causas possíveis, tipos e graus. Mas afinal, o que é a alopecia, como identificá-la e quais são os tratamentos disponíveis? A nossa dermatologista e tricologista Aliny Gállico, tem as respostas!

O que é a Alopecia?

Existem vários tipos de alopecia e uma das formas de identificar a doença é procurando um médico especialista, tricologista para um tratamento adequado.

“O principal sinal indicativo de queda de cabelo é a perda de mais de 100 fios por dia, o que pode ser percebido ao se encontrar muitos fios no travesseiro ao acordar ou quando se penteia ou lava a cabeça. Também é possível notar uma queda incomum quando se passa a mão, por exemplo. Além disso, é possível identificar a alopecia quando são visíveis no couro cabeludo regiões com pouca ou nenhuma cobertura”, explica a Dra. Aliny. 

Quando o paciente com alopecia procura a Clínica Eclat, um protocolo de tratamento é montado pela Dra. Aliny com base no diagnóstico e na necessidade de cada um. As diversas etapas do tratamento podem ser realizadas simultaneamente, o que apresenta um resultado mais rápido e eficiente.

“Na clínica trabalhamos com os protocolos por fase. Na primeira, tiramos o folículo da inércia e começamos a estimulá-lo para que volte a se desenvolver. Nas etapas seguintes garantimos as vitaminas e os nutrientes necessários para que os fios continuem crescendo, cada vez mais fortes”, descreve a Dra. Aliny. 

Tem cura para cálvice?

A alopecia geralmente provoca a perda do cabelo, mas também pode afetar pelos de qualquer outra área do corpo. Atinge homens e mulheres e pode ser causada pelo estresse, uso de medicamentos ou mesmo outras doenças, como lúpus ou hipertireoidismo. 

“Para a alopecia androgenética, não há cura, mas há sim tratamento para atenuar os sintomas”, esclarece a Dra. Aliny.

“Dependendo do grau da alopecia, com os tratamentos adequados é possível reverter a calvície e queda capilar. O tempo de recuperação varia de organismo para organismo, mas o tratamento completo pode levar um ano e ainda exigir mais um período de manutenção”, completa a dermatologista e tricologista.

Tratamentos aplicados na Clínica Eclat

Laser I9 (Laser + Led): O laser I9 atinge profundamente o couro cabeludo, melhorando a circulação sanguínea e aumentando a absorção de medicamentos e nutrientes. Ele possui ação anti-inflamatória, previne a queda de cabelo e estimula a produção de novos fios.

Intradermoterapia: Aplicação de uma mescla personalizada com ativos para controle de queda, fortalecimento e crescimento de novos fios diretamente na região a ser tratada no couro cabeludo. A sessão de intradermoterapia na Clínica Eclat sempre é acompanhada do Laser I9. 

IPC Capilar (Indução Percutânea de Colágeno): O IPC Capilar, também conhecido como microagulhamento, estimula a produção de colágeno e novos vasos sanguíneos para que os folículos possam se desenvolver e voltar a crescer mais fortes e saudáveis. 

PRP (Plasma Rico em Plaquetas): O tratamento consiste no uso do plasma retirado do sangue do próprio paciente. O objetivo é promover a recuperação do folículo, o crescimento capilar e a reestruturação do fio. 

Fotona Hair: O Fotona Hair é o procedimento mais moderno no tratamento da alopecia. Consiste na aplicação direta do laser no couro cabeludo para controlar a queda e estimular o crescimento dos fios. Possibilita uma mudança no ciclo capilar, ativando células até então inativas. Pela ação do laser, elas entram em fase de crescimento, aumentando a quantidade de cabelo. O laser promove pequenos ferimentos invisíveis que facilitam a penetração de medicamentos específicos para o crescimento capilar.

Soroterapia: é uma reposição de vitaminas, minerais e aminoácidos diretamente na veia. Através da soroterapia é possível controlar a queda capilar e fazer a reposição de vitaminas específicas que estão em falta no organismo do paciente.

Consulta com nutrólogo: Com um médico nutrólogo é possível identificar distúrbios hormonais que podem estar agravando o quadro de alopecia do paciente. Tratando a parte hormonal, os resultados dos tratamentos terão ainda mais sucesso. O nutrólogo da Clínica Eclat é o Dr. Luís Henrique Pelá.  


Sobre a Clínica Eclat 

A Clínica Eclat, no Cambuí, oferece dezenas de tratamentos e procedimentos dermatológicos, capilares, estéticos, nutricionais e cardiológicos, estética íntima, vascular, entre outros serviços. Com um atendimento diferenciado, completo e exclusivo, a Eclat está sempre atualizada e dispõe de tecnologia de ponta.

Ficou alguma dúvida em relação a alopecia? Clique aqui e agende uma consulta com a Dra Aliny Gállico!

Posted by Mkt Eclat Clinica